Você sabe quais são os indicadores de produtividade?

Você sabe quais são os indicadores de produtividade? - Zoho

Preparamos este texto sobre indicadores de produtividade para te contar quais são eles. Não deixe de conferir!

Os indicadores de produtividade são indicadores focados em avaliar o status e o progresso de uma tarefa em relação aos objetivos estabelecidos .

Conforme citado no BPM CBOK (Business Process Management Common Body of Knowledge), os PPIs (Process Performance Indicators) são essenciais para medir resultados e identificar oportunidades de melhoria em seu negócio.

Mas você sabe quais são os melhores indicadores de produtividade para o seu negócio e como você pode monitorá-los? Confira a resposta para essas e muitas outras perguntas abaixo.

O que são indicadores de produtividade?

Os indicadores de produtividade são índices que medem o desempenho de um negócio em diferentes áreas.

Eles são usados ​​para analisar o desempenho de processos, equipes, áreas de negócios e os resultados globais da organização, tanto quantitativa quanto qualitativamente.

O ponto de partida para este tipo de avaliação é o que se pratica atualmente. Como resultado, hoje em dia é fácil medir, comparar e entender se o crescimento ocorreu ou não.

Como funcionam os indicadores de produtividade?

Em geral, os indicadores de produtividade avaliam a capacidade de uma empresa, equipe, funcionário, campanha ou estratégia de ir do ponto A ao ponto B.

Para poder avaliar o desempenho de uma empresa, seguem os passos básicos para quem deseja fazer uso de KPIs (Key Performance Indicators):

  • Entenda a situação atual da empresa

Antes de mais nada, é preciso entender onde está sua empresa. Quanto produz por ano? O que dizia o último balanço financeiro? Como está sua base de clientes? Qual é a posição da sua marca no mercado?

  • Estabeleça metas

Agora que você sabe onde está, precisa definir para onde quer ir. Defina metas de curto, médio e longo prazo.

  • Encontre indicadores que ilustram os objetivos

    Dentro dos objetivos, você deve definir quais indicadores poderão medir e comprovar o progresso estratégico (exemplos a seguir).

  • Estabeleça metas para cada indicador

Cada indicador deve ter metas específicas que, somadas aos demais, representem toda a sua estratégia de negócios.

Aumentos na produtividade vs aumentos na produção

Muitas empresas associam erroneamente o aumento da produtividade com o aumento da produção. É vital estar ciente de que esses conceitos não são intercambiáveis.

Além de horas extras e turnos dinâmicos, o “crescimento da produção” refere-se à obtenção de mais produtos por meio do recrutamento de mais pessoal e da aquisição de mais equipamentos e matérias-primas.

O termo “crescimento da produtividade” refere-se à melhoria dos processos internos, seja na indústria de transformação ou em outros negócios. Isso é feito por meio de treinamento, automação de processos e otimização de recursos.

Entender a diferença entre os conceitos é essencial para definir indicadores de produtividade. Afinal, estamos falando de mudanças na cultura organizacional, que podem até causar um aumento na produção.

Qual a importância desses indicadores?

Pequenas, médias e grandes empresas se beneficiam de táticas baseadas em indicadores de produtividade.

O uso intenso da análise de dados para monitorar as medições de desempenho resulta em uma tomada de decisão mais confiável .

Os indicadores de produtividade acompanham os sucessos e as deficiências de uma empresa. Essas taxas, críticas na estratégia de julgamento, não são fixas, no entanto. Eles podem ser alterados em resposta às flutuações do mercado e às demandas em evolução da empresa.

Eles servem como um guia para seguir o caminho certo para o sucesso e, justamente por isso, devem ser revistos periodicamente.

Um exemplo simples: o planejamento para janeiro de 2020 teve que ser drasticamente alterado dois meses depois, quando a pandemia afetou radicalmente o dia a dia das empresas em todo o mundo.

Isso vale não só para grandes eventos, mas também para outros pontos, como mudanças no comportamento do consumidor e novo posicionamento de mercado.

Algumas outras vantagens dos indicadores são:

  • Uma compreensão clara do status da empresa em relação aos objetivos desejados ;
  • Atualizando a estratégia em tempo real e se destacando entre os concorrentes;
  • Melhorar a percepção das equipes e como os colaboradores estão enxergando a estratégia;
  • Envolver os colaboradores com objetivos reais e de fácil compreensão;
  • Detectar gargalos e possibilidades de melhorias nos processos;
  • Impulsionando os resultados e aumentando os lucros .

Quais são os principais indicadores?

Se você ainda não sabe como avaliar o desempenho de sua empresa, compilamos abaixo uma lista das métricas de produtividade mais comuns que podem ser aplicadas a diversos setores.

Indicadores de qualidade

Esses indicadores medem se o resultado final atende às expectativas previstas no início do projeto. Eles podem medir o número de produtos vendidos, ou a satisfação do cliente com a empresa, por exemplo.

Indicadores estratégicos

Eles permitem que as empresas analisem se as metas estão, de fato, sendo alcançadas. Nesse caso, são avaliadas as porcentagens atingidas durante um determinado período. Se o número for insatisfatório, você precisará revisar sua estratégia.

Indicadores de rentabilidade

Eles determinam se um projeto é lucrativo para que a empresa decida se deve ser mantido dentro de seu escopo de atuação. ROI – Return on Investment – ​​é uma métrica útil para acompanhar, pois determina quanto lucro você vê para cada dólar investido.

Indicadores de capacidade

Esses indicadores medem o quanto uma pessoa ou equipe pode produzir em um determinado período com determinados recursos. Isso permite definir prazos de entrega mais realistas.

Aqui explicamos alguns indicadores de TI que também podem ser utilizados em outras áreas.

Como a tecnologia pode ser usada para aumentar a produtividade?

Quando se trata de medir indicadores de desempenho, ter uma plataforma sólida de BPMS (Business Process Management Software) é fundamental.

Os aplicativos BPMS permitem que você acompanhe uma variedade de dados, como tempo médio de execução de trabalhos e capacidade de produção por setor, que podem ser usados ​​para medir a produtividade e encontrar novos caminhos.

Um BPMS também possibilita monitorar processos para detectar possíveis gargalos, rastrear métricas em uma determinada área (como um orçamento estimado) e identificar etapas que podem ser automatizadas. A tecnologia fornece uma base sólida para a tomada de decisões mais confiantes e, por sua vez, melhores resultados.

Por exemplo, no departamento de recursos humanos , pode ser muito útil para medir fatores como absenteísmo de funcionários, clima organizacional, rotatividade e retenção de talentos.

Quando o assunto é vendas, o uso do BPM aliado a uma ferramenta de CRM (Customer Relationship Management) permite acompanhar índices como taxa de conversão de clientes e ticket médio.

Modelar e automatizar processos para otimizar rotinas de trabalho e garantir dados confiáveis ​​para avaliação de desempenho é possível com soluções all-in-one, que contêm diferentes sistemas corporativos vinculados – tudo isso além de dashboards visuais e personalizáveis.

Para que servem os indicadores de desempenho?

Saber monitorar os indicadores de desempenho é essencial para melhorar a tomada de decisão de um negócio, pois as análises serão baseadas em dados concretos.

Assim, os processos se tornarão mais eficientes e os líderes poderão elaborar estratégias mais inovadoras. E para monitorar é necessário utilizar a ferramenta correta.

Faça sua conta gratuitamente na Zoho Bigin e confira!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ao enviar este formulário, você concorda com o processamento de dados pessoais de acordo com a nossa Política de privacidade.

Publicações relacionadas