Home Office Organizado

Home Office Organizado - zoho

Home Office virou palavra de ordem. Devido à pandemia, muitas pessoas que trabalham em escritórios tiveram que fazer arranjos temporários para trabalhar em ambientes fechados. Mas para aqueles com um padrão tão fixo, como uma secretária remota, é menos provável que o home office seja improvisado.

Além das questões de ergonomia e atenção, você também precisa levar sua saúde em consideração na hora de montar seu home office. No início, os assistentes virtuais costumavam trabalhar na mesa de jantar, no sofá ou nômades em suas próprias casas, parando em um lugar a cada hora. Esse é um erro comum, mas que pode afetar muito a motivação dos profissionais: o escritório existe para separar o lazer do trabalho.

Em um home office, essa separação é fundamental, caso contrário, é fácil ficar entediado com o ambiente tão rapidamente que afeta a produtividade e o tempo de inatividade. Pense nisso: se o seu local de lazer for exatamente igual ao seu local de trabalho, você não poderá mais ficar no mesmo lugar olhando as mesmas paredes, as mesmas decorações, e sentar no mesmo lugar. Então, uma de duas: ou você deixa de aproveitar sua casa nas horas vagas, ou o trabalho se tornará um fardo e o deixará desmotivado.

Por isso, a primeira regra do home office é: tenha um local de trabalho específico. O ideal é que seja uma sala separada, ou apenas um ambiente para isso, mas caso não seja possível, pode ser uma mesa específica na sala, no quarto ou na varanda.

Desafios do home office

Uma das maiores dificuldades do teletrabalho é estabelecer uma rotina, principalmente quando outros moradores também estão em casa. Muitas vezes, não há sequer um ambiente de trabalho adequado. Portanto, é necessário:

● Mantenha o foco. Técnicas de foco, como atenção plena e respiração profunda, podem ajudar;

● Reúna-se com sua família e tente evitar distrações no trabalho;

● Tire o pijama e esteja preparado para evitar a preguiça que leva à procrastinação;

● Evite distrações em seu campo de visão, como a TV.

Benefícios de estabelecer uma rotina de trabalho

Superados esses desafios, cria-se uma rotina de trabalho que facilita o dia a dia. Alguns dos principais benefícios de um home office são:

● Melhoria da saúde e qualidade de vida, consequências diretas da comida caseira e mais sono;

● Ter mais tempo para passar com os familiares e/ou investir em seus hobbies;

● Reduzir os custos de transporte e alimentação;

● Menos exposição à violência urbana, ou seja, mais segurança.

Por que manter a organização do home office?

A organização é um pré-requisito confortável, prático e inspirador para trabalhar em casa. Essas características afetam a produtividade e a capacidade de solucionar problemas e projetar soluções.

Por isso, organizar um home office exige mais do que apenas se cadastrar em um bom provedor de internet e escolher um cantinho para deixar o notebook: essas medidas devem beneficiar tanto aspectos físicos quanto mentais, como evitar confusão, ter boa iluminação e ventilação e conter o felicidade elemental resultante, como as plantas.

Formas de organizar o home office

Para organizar um home office, considere o número de horas dedicadas às funções e serviços prestados. A partir daí, você pode criar um ambiente funcional e personalizado.

Por exemplo: aqueles que precisam de privacidade e sossego, como executivos com agendas de reuniões lotadas, idealmente teriam uma sala dedicada. As pessoas criativas podem aproveitar a interação com suas famílias.

No entanto, é aconselhável delinear o espaço de trabalho. Isso pode ser feito sem criar barreiras físicas, como usar uma tinta diferente nas paredes. Nesse caso, prefira tons que pertençam a uma paleta que estimule a atenção.

Como montar um home office produtivo

Depois de ter um ambiente específico para seu home office, é hora de mergulhar nos detalhes:

  1. Ergonomia: Ninguém trabalha bem com dor, certo? Portanto, não deixe aquela cadeira velha com encosto reto ou bancada irregular. Procure uma cadeira confortável que permita colocar os pés no chão e ficar na altura certa na frente da mesa – com os cotovelos formando um ângulo de 90° ao digitar. Ajuste a tela do computador na altura dos olhos e, para isso, o ajuste de altura do livro ajuda.

  2. Luzes e sons: Certifique-se de que o ambiente de trabalho escolhido tenha boa iluminação tanto de dia quanto de noite para que você possa ajustar sua agenda sem se preocupar com o cansaço visual. Neste caso, a luz branca é ideal. Outro ponto importante é garantir um ambiente de trabalho tranquilo, para que durante a reunião, além de melhorar seu potencial de foco, seja transmitido mais credibilidade e profissionalismo. Com crianças e animais em casa, muitas vezes é difícil ficar quieto, por isso é recomendável que você encontre um ambiente onde possa fechar a porta ou se separar do cotidiano da casa.

  3. Conectividade: Para quem trabalha remotamente, uma conexão com a internet é tudo, afinal, todas as atividades acontecem por meio dela. Contanto que você tenha um bom wi-fi, é recomendável que você tente trabalhar onde possa se conectar por meio de um cabo, que é menos propenso a sinais inconsistentes.

  4. Ambiente de trabalho: Você já experimentou aquele famoso bairro criativo quando não consegue desenvolver um projeto e parece que só quer fugir de onde está? Isso pode ter a ver com o ambiente e a sala em que você escolhe trabalhar. Acontece, por exemplo, que lugares muito fechados e colocados em frente a paredes tornam esses bloqueios mais frequentes porque o cérebro fica “cansado” do campo de visão limitado. Então, se possível, opte por trabalhar perto de uma janela e em um ambiente maior – às vezes basta mudar a posição da cadeira.

  5. Organização: Ter um espaço organizado faz uma grande diferença, seja otimizando o seu dia a dia ou aproveitando ao máximo o seu espaço. Assim como em casa, muitas vezes não temos gavetas e mesas grandes dedicadas ao trabalho, e organizar tudo de forma prática pode te ajudar a encontrar documentos importantes e abrir espaço para agendas, calendários e muito mais.

A importância da gestão de tempo no home office

As pessoas que trabalham em casa precisam cumprir a carga de trabalho exigida pela empresa, nem mais, nem menos. Portanto, é preciso ter cuidado para não usar seu tempo de trabalho para tarefas domésticas, como fazer o almoço e limpar a casa.

Mas não prolongue sua viagem além do tempo combinado. Ter uma agenda para anotar compromissos e tarefas ajuda muito: pode ser um aplicativo ou um caderno tradicional, o que você preferir.

A gestão do tempo faz parte das melhores práticas de teletrabalho. Na hora de organizar um home office, reserve um tempo para o almoço e uma pequena pausa (os famosos cafezinhos). E acordar no mesmo horário todos os dias.

Além disso, evite ficar em casa sozinho no seu tempo livre. Sempre que possível, faça exercícios, caminhadas, aulas e outras atividades – se tais atividades forem permitidas, é claro.

Seja opcional ou necessário, se trabalhar remotamente já faz parte da sua realidade, aproveite! Melhorias na vida profissional e pessoal podem ser sentidas organizando efetivamente um home office. O mais legal é que nem precisa ser um quarto exclusivo para ele, tornando-se uma solução viável para imóveis de todos os tamanhos!

Gostou deste artigo? Imagine se tivesse uma ferramenta que facilitasse todo o processo de trabalho remoto? Acesse o Zoho Workplace e conheça o escritório remoto! Todas as ferramentas de gestão em um único lugar.

Publicações relacionadas