Feche negócio de forma facilitada com Bigin

Feche negócio de forma facilitada com Bigin - zoho

O Brasil passou por grandes momentos de prosperidade e crescimento ao longo dos anos, e a grande maioria das empresas tem passado por bons momentos. No entanto, a situação vem mudando rapidamente e, com a atual situação econômica do país, não tem dono de empresa que não esteja procurando maneiras de continuar vendendo para enfrentar a crise.

O grande problema é que enquanto as coisas estão indo bem todo mundo se acomoda, e isso é um perigo. Pudemos observar isso com a chegada da pandemia, e tudo o que as empresas tiveram que fazer para não fechar as portas. Pessoas perderam empregos, filiais foram fechadas, e-commerces foram sobrecarregados e afins.

Contudo, vender é fácil quando se é aplicada as estratégias corretas, e o vendedor que domina essa prática tem pouco ou nenhum esforço. Mas melhorar as habilidades de vendas nunca se fez tão necessário quanto agora, pois só sobreviverão pessoas que realmente tenham um processo de vendas sólido e saibam superar obstáculos e vender valor.

Neste artigo temos algumas dicas para que você feche negócio e conheça a ferramenta que vai facilitar os processos do seu negócio.

Dicas para que você feche negócios

1. Ajude os consumidores a alcançarem os seus objetivos

Quando começamos a pensar que temos que ajudar nossos clientes a atender suas necessidades, evitamos entrar em uma mentalidade focada apenas na venda de produtos.

Até recentemente, era muito possível empurrar qualquer solução para o cliente, e depois de que acabava o contrato terminasse, era cada um por si. Hoje em dia, isso não acontece mais.

A primeira coisa que um comprador faz depois que um vendedor sai de uma apresentação de vendas é pesquisar na internet todas as informações sobre a empresa que ele representa.

Como resultado, reclamações, contratempos, promessas quebradas e outros problemas que você pode ter tido há muito tempo podem atrapalhar seus negócios hoje. Segundo, porque as pessoas estão menos interessadas no que você faz pelos outros.

Suas histórias de sucesso não são fórmulas mágicas de como fechar o negócio, elas apenas garantem sua competência, mas não provam que é por isso que a empresa tem que contratar o que você vende.

Considere ajudar os clientes a superar desafios, dificuldades e perdas. Esses precisam ser os princípios orientadores para todo vendedor que deseja ser popular entre os clientes.

Ao fazer isso, maximizamos nossa capacidade de permanecer flexíveis e criativos para atender às necessidades do cliente. Assim também aprendemos a conquistar clientes e fechar negócios.

2. O que importa é o valor que sua solução agrega

Da noite para o dia, a filosofia de vendas mudou de foco em produtos ou serviços para focar nas interações e resultados. Como já dissemos muitas vezes aqui, o objetivo dos vendedores não é mais vender produtos ou serviços para seus clientes

Hoje, o objetivo dos vendedores é ajudar seus clientes a terem sucesso para sempre. Para fazer isso, os vendedores precisam vender valor, não apenas produtos e/ou serviços. Seu produto faz parte do valor que você agregará ao dia a dia de seus clientes.

Além de seus produtos, conta com seus serviços, sua espontaneidade, sua despreocupação, sua segurança, sua aparência, sua linguagem corporal e sua experiência na solução dos problemas dos clientes.

Profissionais de vendas altamente bem-sucedidos querem ser valorizados por suas habilidades, experiência e capacidade de trabalhar com clientes e criar soluções personalizadas para entregar resultados específicos.

Um produto ou serviço é definitivamente parte da solução, mas os vendedores de sucesso também precisam fazer parceria com os clientes, posicionar seu serviço de forma única e implantar essa solução dentro da organização para gerar o máximo de benefícios, aumentando todo o valor.

Antes de vender um produto ou serviço, um vendedor precisa aprender a vender imagem, opiniões e a capacidade de resolver os problemas do cliente.

3. Ofereça sempre soluções genuínas

Para concluir a transação, o cliente deve se sentir absolutamente à vontade durante todo o processo comercial. Infelizmente, alguns vendedores fingem estar interessados ​​nas necessidades e objetivos do cliente apenas para ter uma lacuna e direcionar a conversa na direção que eles desejam (e empurrar a solução para o cliente de qualquer maneira).

Isso pode prejudicar o relacionamento ou impedir que a venda aconteça. Quando os vendedores começam a antecipar os momentos de compra para os consumidores, os clientes começam a desconfiar das vendas.

Os clientes começam a duvidar das intenções do vendedor e, portanto, da capacidade da empresa de detectar e realmente resolver seus problemas. Os clientes não tolerarão ser manipulados dessa maneira.

Quando eles sentirem que você os está manipulando com discursos retóricos para fornecer soluções que não se encaixam no que eles querem sem parar para ouvir o que eles realmente precisam e entender os resultados que precisam alcançar, eles simplesmente tentarão.

Dê um passo para trás e eles se tornarão mais resistentes. Então você não poderá fazer negócios com esse cliente! Como vendedor, você precisa se certificar de que não cruza a barreira entre a compra de um cliente e o que você precisa para vender bem o seu produto.

4. Venda outras soluções para os seus melhores clientes

Se o seu cliente compra o produto ou serviço A, ele também precisa de B ou C?

Talvez você não saiba que seus clientes compram B e C de seus concorrentes porque eles nem percebem que você oferece essas soluções. Dessa forma, pesquise seus clientes para ver se eles precisam dessas soluções e disponibilizá-las.

Será fácil vender mais soluções premium para clientes que já estão satisfeitos com sua marca!

5. Utilize a ferramenta certa e feche negócio

Para que você feche negócio é necessário ter acesso a uma ferramenta de qualidade. O CRM de vendas é um software de gerenciamento de processos de negócios. De um modo geral, suas principais características incluem:

● Organizar o funil de vendas, ou seja, organizar logicamente todas as oportunidades de vendas válidas dentro da empresa;

● Fornecer previsões: liquidação programada e previsões de faturamento;

● Facilitar a gestão de follow-up de potenciais clientes;

● Automatizar e padronizar métodos de prospecção e comunicação com prospects e clientes;

● Fornecer métricas e métricas relacionadas ao desempenho do trabalho da equipe de vendas e processos de negócios;

● e mais.

Feche negócio com CRM Bigin

É muito simplista definir CRM como software. Isso porque a ferramenta envolve muitas mudanças na forma como as equipes de vendas trabalham. Ao implementar um CRM, é importante que toda a equipe entenda que seu sucesso dependerá de mudanças na forma como trabalha com os prospects.

O software de controle de vendas (ou CRM) se diferencia justamente pelo foco no processo de vendas. Ao contrário das ferramentas genéricas que podem ser usadas para diferentes funções, os CRMs são específicos.

Por isso, o CRM Bigin foi desenvolvido para simplificar e facilitar o processo de vendas. Por exemplo, chamadas futuras com clientes em potencial sempre têm acesso fácil às informações salvas.

O Bigin é ideal para pequenas empresas, com soluções especiais para gestão de relacionamento com o cliente para que você feche negócio.

Acesse e confira!

Publicações relacionadas