A colaboração de toda equipe é essencial para trilhar o caminho do sucesso

a colaboração de toda equipe é essencial para trilhar o caminho do sucesso - zoho

A colaboração entre equipe diz respeito à cooperação diária, trabalho, simpatia e também é uma medida importante do clima organizacional.

Quando a colaboração existe e é incentivada, automaticamente os resultados positivos acontecerão. Caso contrário, a produtividade e a inovação tendem a ser baixas.

Neste artigo, propomos ampliar nossas reflexões sobre esse tema. Para saber mais continue a leitura para saber sobre a importância de melhorar a colaboração entre os departamentos de negócios e como fazê-lo a partir de agora!

Qual é a importância da colaboração das equipes?

As empresas mais inovadoras do mundo têm uma coisa em comum: elas procuram incentivar os funcionários a sempre colaborarem uns com os outros; ajudá-los a perceber que todos na empresa estão conectados de alguma forma e precisam colaborar.

O tamanho da empresa e o segmento de mercado em que atua são irrelevantes. A colaboração entre as equipes cria círculos de conhecimento que permitem que os profissionais entendam seus papéis e trabalhem com maior engajamento e satisfação.

Saiba como melhorar a colaboração interna

A primeira barreira para o trabalho em equipe eficaz é a comunicação para melhorar a colaboração. Se as pessoas não estão conversando umas com as outras, é difícil para elas agirem em harmonia para buscar os mesmos resultados. Portanto, o primeiro passo é identificar os gargalos que afetam a comunicação interna e os resultados organizacionais.

Em suma, um gargalo é um impedimento para uma boa conversa, ou em linguagem mais especializada, chamada de ruído. Se existem ruídos físicos, fisiológicos, semânticos e psicológicos, é necessário que o gestor identifique para eliminá-los ou evitá-los do ambiente de trabalho.

Outro método fundamental é a integração dos canais de comunicação interna. Por exemplo, pode ser um quadro de avisos ou um aplicativo móvel, mídia social corporativa ou outra tecnologia especializada. Quanto mais fácil for para os funcionários se comunicarem, melhor.

Mas remover gargalos e integrar novos canais de comunicação não adianta se as pessoas não entenderem a importância das conversas. Começando pelo CEO, todos devem entender o valor de se comunicar com qualidade e saber como fazê-lo no trabalho.

Tenha um bom programa de integração

Quando falamos em planos de integração, é natural pensar em funcionários recém-contratados. Os novos colaboradores precisam se integrar à equipe e à cultura organizacional, pois só assim entregarão os melhores resultados.

Embora cuidar de novas pessoas seja importante, os gerentes geralmente ignoram a colaboração contínua da equipe. Todos os colaboradores, até mesmo os mais antigos, precisam estar constantemente integrados e é essencial se sentir parte da equipe.

A grande questão é: como criar bons integradores? A resposta está em fugir do comum. Apenas mostrar vídeos da agência e contar a história da empresa não vai ajudar. É importante promover atividades ao ar livre como dinâmicas, jogos em grupo e esportes coletivos.

Pense em uma equipe como algo que está constantemente sendo construído e nunca totalmente concluído. Sempre há profissionais dentro e fora da empresa, e o talento muda de um período para outro. Dessa forma, o programa de integração deve ter um plano contínuo.

Defina uma meta clara, realista e desafiadora

O que é importante para a percepção da equipe é o objetivo. Se os profissionais não souberem exatamente qual direção seguir e quais resultados alcançar, é provável que as ações não sejam coordenadas. Isso na maioria das vezes leva a conflitos interpessoais.

Nessas situações, é importante que o gestor estabeleça uma meta para a equipe, um objetivo coletivo. Por exemplo, ganhar uma participação de mercado maior ou alcançar uma alta pontuação de satisfação do cliente. Quanto mais essa meta for desafiadora, melhor.

No entanto, o resultado desejado também precisa ser realista. Se um profissional perceber que você está pedindo algo impossível, ele pode ficar desmotivado e desinteressado. É necessário encontrar um meio-termo entre a realidade e o desafio.

Mais importante de tudo, seja qual for a meta, ela deve ser comunicado com muita clareza. Toda a equipe precisa entender o que deve ser alcançado, como eles vão colaborar e quais são os benefícios de alcançar esse grande resultado.

Realize comemorações em equipe

Geralmente, as equipes estão sob muita pressão, o que pode levar ao estresse. Os funcionários ficam fatigados durante o expediente, perdendo qualidade de vida e bem-estar. Para trazer mais equilíbrio ao ambiente, pode ser interessante comemorar pequenas conquistas em equipe.

Por exemplo, pense em comemorar conquistas. Os gerentes podem realizar pequenas comemorações com seus funcionários melhorando as métricas de desempenho, como satisfação ou retenção de clientes, ou alcançando metas estabelecidas.

Outra possibilidade é comemorar datas sazonais, aniversários e dias especiais (como Dia das Mães, Dia do Trabalho, Natal e Páscoa). Escolha algumas datas para fazer algo diferente e manter a equipe feliz, criando intimidade e fomentando a colaboração.

O motivo é simples: em momentos leves, como comemorações, as pessoas “relaxam” suas regras sociais e interagem com os colegas de forma mais descontraída. Este momento feliz, engraçado e inusitado é bom para a conscientização da equipe.

Sempre dê feedbacks para aumentar a colaboração da equipe

Alguns colaboradores não conseguem interagir bem com seus colegas. E por esse motivo, afastam-se do momento da celebração, não participam da dinâmica e de outras tarefas. Às vezes, eles próprios não percebem que estão alienando e prejudicando seu senso de equipe.

Nessa situação, deve-se investir em um feedback mais eficiente. É necessário fornecer aos funcionários informações de alta qualidade que visem aprimorar seus pontos fortes e corrigir seus pontos fracos. Quanto mais consistente for o feedback, melhores serão os resultados para o próprio talento e para a sua organização.

Alguns gerentes não gostam de dar feedback porque acham que vão “ficar mal” e que isso prejudicará a interação com a equipe. Na verdade, quando acontece o contrário, o feedback é uma ótima ferramenta para mostrar que você se importa com a equipe, com a equipe e motivando o progresso.

Mas há alguns aspectos a serem observados. Primeiro, o feedback precisa ser consistente e bem planejado. Crie um roteiro curto (claro e objetivo) com o que você quer dizer ao funcionário. Em seguida, equilibre críticas e elogios. No final das contas, deixe os profissionais se posicionarem livremente.

Treinamentos internos são essenciais para colaboração

Um bom programa de treinamento possibilita que os colaboradores cresçam juntos e desenvolvam novos conhecimentos e habilidades. Isso não é bom só para os resultados, mas também para o próprio trabalho em equipe. Quando os funcionários aprendem algo juntos, eles se tornam mais próximos.

No entanto, um programa de treinamento bem definido é importante. Isso depende de uma análise interna que visa identificar quais habilidades técnicas e comportamentais estão diminuindo. Para fazer isso, preste muita atenção ao conhecimento, habilidades e atitudes atuais de sua equipe.

Sua melhor aposta é possuir uma empresa especializada em treinamento. Será capaz de identificar as competências a desenvolver, bem como definir e implementar o melhor programa de formação. Fora isso, também garantirá resultados mais consistentes em toda a sua organização.

Percebeu como a colaboração é essencial para o seu negócio. Para te ajudar, utilize a ferramenta certa para manter a colaboração entre as equipes. Acesse e conheça as soluções da Zoho Workplace!

Publicações relacionadas