Segurança dos dados em nuvem

Segurança dos dados em nuvem - zoho

A segurança dos dados em nuvem é a proteção necessária para, aplicativos e infraestrutura envolvidos na computação em nuvem. Muitos aspectos de segurança de um ambiente de nuvem, seja privado, público,  e até híbrido, são iguais aos de qualquer estrutura de TI on-premise.

Problemas de segurança de alto nível acabam afetando os sistemas tradicionais de TI e computação em nuvem. Isso inclui exposição de dados não autorizados, assim como os controles de acesso ficam fracos, o que ocorre vulnerabilidade aos famosos e indesejados ataques cibernéticos e interrupções na disponibilidade dos dados em nuvem.

Se tratando de prevenção quando o assunto envolve computação, a segurança dos dados em nuvem inclui a implementação de proteções preventivas para que você:

● Consiga enxergar sobre o estado geral da segurança no seu negócio;

● Certifique-se de que os dados em nuvem e os sistemas estão seguros;

● Tenha conhecimento em tempo real se algo incomum acontecer;

● Acompanhe e solucione eventos inesperados.

Existe mesmo garantia de proteção de dados em nuvem?

Bom, não é mais novidade que os dados em nuvem tenham passado de uma tendência para uma necessidade tanto para empresas de todos os portes, como para pessoas físicas também, porém os problemas de segurança na nuvem permanecem divisivos. 

Especialistas dos setores de TI afirmam que todos os dados de uma organização são mais seguros quando armazenados em um data center interno da empresa. No entanto, se pararmos para pensar, não seria mais problemático acessar dados mais sensíveis armazenados em sua empresa por meio de uma rede interna ou da

seria mais vulnerável do que armazená-los na nuvem?

Isso é muito simples de explicar: Considere um provedor que ofereça soluções em nuvem, com todo suporte necessário e que tenha localizações adequadas e atenda aos protocolos de melhores práticas do mercado, segurança de acesso com estruturas físicas e lógicas e diversas barreiras técnicas contra intrusão. 

Fora isso, vale ressaltar que o provedor oferece ao cliente os serviços de uma equipe profissional focada em segurança e gerenciamento de nuvem.

No final das contas, todos esses recursos fornecem maior segurança para os dados e aplicativos de sua empresa, diferentemente do que aconteceria se eles fossem hospedados em um data center local.

O que tem de inovador na segurança dos dados em nuvem?

Grande parte das empresas no mercado já estão cientes dos benefícios de manter os dados em nuvem, mas isso por hora não quer dizer que tenha risco zero de ameaças de segurança. É necessário um conjunto de boas práticas para que tudo funcione bem. 

Pode ser que em primeiro momento seja difícil entender o que existe entre servidores de Internet e um servidor físico. Este é um ambiente dinâmico onde tudo está em constante mudança. Mas o que podemos garantir é que, a proteção na nuvem geralmente é a segurança de TI. Ao entender todas as diferenças específicas, a palavra “nuvem” soará mais natural e segura.

Tenha atenção a quebra de perímetros

Sem sombra de dúvidas que a segurança começa pelo acesso. Ambientes tradicionais tendem a utilizar um método de segurança por perímetro para controlá-lo. As empresas que aderem aos dados em nuvem são altamente conectadas, permitindo que o tráfego passe facilmente pelos mecanismos de defesa dos perímetros tradicionais.

As APIs (Interfaces de programação de aplicações) que são instáveis, análise e reconhecimento de identidade fraco e credenciais, controle de contas e insiders mal-intencionados representam ameaças a sistemas e dados. 

Se a sua intenção é restringir o acesso aos dados em nuvem, você vai precisar de uma abordagem mais controlada para gerenciamento como: dados criptografados; estabelecer usuários autorizados; exigir senhas mais fortes e utilizar autenticação de dois fatores.

O segredo é criar segurança em todos os níveis para evitar problemas futuros.

Controle total com softwares

O termo “cloud” ou “nuvem” refere-se a recursos hospedados entregues aos usuários através de softwares. Os ambientes de computação em nuvem — e todos os dados processados pelo sistema —  devem ser dinâmicos, portáteis e escaláveis. 

Seja como parte inerente da carga de trabalho (como criptografia) ou realizadas através de APIs e sistemas de gerenciamento de nuvem, os controles de segurança devem responder a variáveis de rede e acompanhar o fluxo de trabalho e dados em repouso e em movimento. Desse modo, você pode proteger toda sua rede em nuvem contra perda de dados e degradação do sistema.

Visualização do cenário de ameaças

Ameaças sofisticadas incluem tudo o que impacta negativamente a computação moderna, incluindo computação em nuvem. Malwares cada vez mais sofisticados e outros ataques, como ameaças persistentes avançadas (APTs), são projetados para evitar defesas cibernéticas, visando vulnerabilidades na rede de computação.

As violações de dados podem levar à adulteração e divulgação não autorizada de informações. Não há soluções óbvias para essas ameaças. No entanto, é sua responsabilidade manter-se informado sobre a evolução das práticas de segurança na nuvem para acompanhar os novos riscos.

Estratégias para garantir a segurança dos dados em nuvem

Infelizmente, os incidentes de segurança estão sempre presentes em qualquer lugar, seja por meio de sistemas mais tradicionais ou na nuvem.

Fazer uso das boas práticas recomendadas, além de incluir os padrões da categoria é o primeiro passo para proteger sua nuvem. Podemos destacar alguns deles:

Atenda aos requisitos de conformidade e regulamentares

Existem certificações necessárias e regulamentações são obrigatórias, e colocá-las nos processos de rotina é a melhor forma de manter os dados seguros.

Fora isso, quando a empresa possui os selos de conformidade e as certificações necessárias, as marcas demonstram que seus ambientes de nuvem estão em conformidade com as principais organizações regulatórias, além de atender aos requisitos de segurança, identidade e conformidade.

Uso estrito do controle de acesso

Restringir o acesso a dados com o controle devido é uma regra obrigatória para qualquer empresa. O acesso administrativo permite gerenciar a forma como usuários e clientes acessam seu ambiente.

Dessa forma, os problemas de segurança que podem impactar o ambiente, como roubo ou perda de dados, podem ser evitados.

Invista em criptografia de dados

A criptografia é um dos mecanismos de proteção de informações sensíveis ou confidenciais na nuvem. Com isso você consegue proteger os arquivos e projetos importantes para os negócios.

Bons provedores de nuvem fornecem esse conjunto de regras para codificar informações que só podem ser decifradas pelo destinatário.

Contar com seu provedor de nuvem

Provedores de nuvem como o Workplace da Zoho podem ser um grande aliado para a segurança da sua empresa. Seu departamento de TI terá tecnologia e profissionais focados na prevenção e tratamento de incidentes para reduzir o impacto na continuidade dos negócios.

Para conferir as vantagens é só acessar nossa plataforma e fazer o teste gratuitamente.

Tenha seus dados em nuvem com segurança Zoho!

Publicações relacionadas