Como reduzir o Custo de Aquisição de Clientes?

Como reduzir o Custo de Aquisição de Clientes? - zoho

Você sabia que existe um Custo de Aquisição de Clientes? Neste artigo você vai aprender como reduzir sem ter prejuízos.

É sempre um desafio para uma empresa adquirir novos leads e clientes. As empresas usam seus recursos para alcançar novos clientes todos os dias. Para conhecer o nível de sucesso das estratégias e campanhas de marketing, precisamos analisar os custos de aquisição de clientes.

É do interesse de uma empresa reduzir os custos de aquisição de clientes. Quando os custos de aquisição de clientes são altos, mas o valor da vida útil do cliente é baixo, a empresa não está operando de forma otimizada. Ao reduzir os custos de aquisição de clientes, uma empresa pode aumentar significativamente sua receita. O verdadeiro desafio está em encontrar o equilíbrio certo.

8 Dicas para reduzir o Custo de Aquisição de Clientes

Os custos de aquisição de clientes (CAC) referem-se ao custo total aproximado necessário para obter um novo cliente. Esse custo considerará os salários dos profissionais de marketing ou vendedores, o valor gasto em campanhas de marketing e estratégias de mídia social e custos de publicidade. Para identificar seus custos de aquisição de clientes, pegue o custo da soma dos recursos mencionados e divida-o pelo número total de clientes adquiridos.

Descubra seus custos de aquisição de clientes com esta fórmula:

Muitas empresas oferecem produtos e serviços valiosos ao público. Muito tempo é dedicado à realização de pesquisas de mercado, colocação de produtos e outras estratégias para o sucesso de vendas.

Essas estratégias aumentam os custos de aquisição de clientes. Abaixo está uma lista de maneiras simples de reduzir seus custos de aquisição de clientes e continuar fazendo vendas.

1. Priorize Públicos Apropriados

É importante usar estratégias e recursos de marketing para o público certo. Descreva o público-alvo que deseja seus produtos e serviços. Depois disso, será mais fácil se envolver com eles nos melhores termos. Um usuário que já se inscreveu no site de associação de sua empresa pode não se beneficiar do conteúdo direcionado a novos visitantes do site.

Nos espaços digitais de hoje, os clientes procuram as marcas para fornecer conteúdo e interações exclusivas e personalizadas. É um desafio oferecer aos clientes as informações e o conteúdo certos da maneira que eles desejam ou esperam. As empresas podem definir seus clientes ideais antes de segmentá-los. Use táticas como personas de comprador para fornecer metas claras que beneficiarão novos clientes.

2. Redirecione os clientes

O retargeting é uma tática útil para empresas que desejam manter uma presença na frente de clientes em potencial. Os clientes geralmente deixam ações incompletas em sites e aplicativos. Os clientes optam por não comprar de uma empresa por vários motivos. Às vezes, um empurrãozinho na direção certa pode incentivar o cliente a concluir uma compra que pode ter deixado para trás.

O retargeting é uma forma de as empresas convencerem os clientes a reconsiderar o valor que oferecem. Os clientes que visitam o site de uma empresa e permanecem estão interessados ​​nos produtos oferecidos. Ele pode gerar um aumento de pesquisa de marca registrada de até 1.046% em quatro semanas após a exposição. O retargeting, entre outras estratégias, pode efetivamente melhorar as taxas de conversão de clientes .

São muitos os benefícios da estratégia porque ajuda as empresas a gerar campanhas altamente direcionadas para clientes em potencial. Para redirecionar seus leads com sucesso, reúna o máximo de dados possível sobre seus clientes. Você precisa conhecer seus comportamentos, preferências, motivações e muito mais. Com essas informações, será mais fácil redirecionar os clientes em potencial e convencê-los a comprar de você.

3. Melhore a retenção de clientes

Os clientes que investem alegremente em seus produtos tendem a gastar mais em um produto do que novos clientes. Em média, clientes recorrentes gastam 67% a mais no terceiro ano de relacionamento com uma empresa do que em estágios anteriores. É mais fácil convencer os clientes existentes do valor que uma empresa oferece do que convencer novos clientes que ainda não interagiram com a empresa.

As empresas podem reduzir seus custos de aquisição de clientes aumentando sua taxa de clientes recorrentes, frequências de compra e valores médios de pedidos. Utilize estratégias como ciclos de feedback do cliente, adicione programas de fidelidade e adicione programas de educação do cliente. Além disso, fique atento às suas taxas de churn.

4. Experimente os programas de afiliados

Os programas de parceiros afiliados são uma maneira eficaz de reduzir os custos de aquisição de clientes. Os parceiros afiliados usam sua influência para se envolver com possíveis clientes. Como empresa, essa tática reduz o CAC porque você só paga comissões com base em porcentagem aos afiliados depois que os clientes compram. Uma empresa pode alavancar a capacidade de um afiliado de aumentar as vendas sem custos iniciais.

Semelhante ao marketing de afiliados, os programas de marketing de influenciadores estão se tornando cada vez mais populares. Alguns influenciadores de mídia social construíram um público de grande alcance que pode estar interessado nos produtos da sua empresa e em como usá-los. Por exemplo, os influenciadores de tecnologia podem usar suas plataformas de mídia social para enfrentar desafios técnicos, como solucionar problemas de VoIP ou como melhorar a velocidade da Internet.

5. Crie Conteúdo e Avalie a Eficácia

Clientes com altas taxas de engajamento refletem uma conexão mais profunda do que produtos e serviços. As empresas usam o conteúdo para oferecer informações valiosas aos seus clientes. Uma empresa de comunicações digitais pode ter uma solução de comunicação interessante usando códigos de disposição de chamadas. Para novos clientes, a solução pode ser assustadora e parecer complexa.

Ao fornecer conteúdo significativo, você pode educar os clientes e criar confiança com a marca. No entanto, o conteúdo nem sempre tem o desempenho esperado. Avalie o desempenho do conteúdo em relação à estratégia. Como você pode otimizar fatores específicos? Verifique o tom do seu conteúdo, concentre-se nos recursos e benefícios e ofereça frases de chamariz claras. Teste diferentes fatores que farão com que seu conteúdo tenha um bom desempenho e reduza o CAC.

6. Teste A/B e otimize suas páginas

É essencial que os profissionais de marketing testem diferentes partes de suas landing pages. Os clientes com uma experiência de usuário (UX) mais positiva com seu site mostrarão níveis mais altos de satisfação do cliente. Como um melhor design de UX pode resultar em maior satisfação do cliente, indiretamente leva a maiores vendas.

O teste A/B ajuda uma empresa a descobrir o que seus clientes desejam experimentar. A otimização das páginas de destino de um site pode incluir testes A/B de títulos de produtos, formulários, botões, layout e muito mais. O teste A/B permite que as empresas verifiquem como pequenas alterações podem afetar as taxas de cliques em seu site.

Ao decidir implementar mudanças no site da empresa, evite fazer mudanças drásticas que afetam a experiência do usuário. É importante considerar como os resultados do seu teste A/B levarão a taxas mais altas de tarefas concluídas. Com mais clientes concluindo tarefas, uma empresa pode ver taxas de conversão mais altas.

7. Melhore o Funil de Vendas

Um funil de vendas eficaz ajuda uma empresa a gerenciar com eficiência o processo de compra de um cliente. O funil é como uma empresa orienta os clientes de serem leads para se tornarem clientes pagantes. Os funis de vendas são essenciais ao tentar reduzir os custos de aquisição de clientes. Um ótimo funil de vendas fornece informações amplas e dá à empresa uma visão dos pensamentos de seus clientes em potencial.

É possível entender as motivações e motivos para os clientes desistirem de uma compra. O software de análise de dados ajuda as empresas a identificar qualquer estágio de baixo desempenho de um funil de vendas. Uma empresa SaaS pode oferecer um excelente serviço de assinatura ao mercado. Um funil de vendas otimizado pode ajudar aquela empresa a aumentar as vendas, informando fatores críticos de melhorias.

8. Automação de Marketing

Reduza os custos de aquisição de clientes utilizando a automação de marketing em conjunto com as ferramentas de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM). A automação de marketing já reduz os custos porque menos funcionários precisam se concentrar em tarefas domésticas.

Uma empresa pode pensar em maneiras de coletar detalhes de contato para marketing direcionado no futuro. Uma empresa de software de comunicação pode publicar conteúdo fechado e escrever tópicos como “ desconexão de chamadas ”.

Por meio de conteúdo fechado, os clientes podem aceitar estar em listas de e-mail em troca do valor de aprender algo novo. A automação melhora as taxas de conversão e reduz os custos de aquisição porque poupa outros recursos.

Uma empresa pode publicar números e estatísticas de vendas impressionantes. À primeira vista, isso poderia tornar uma empresa extremamente bem-sucedida. As empresas buscam maneiras de reduzir os custos indiretos e melhorar seus números de vendas ao mesmo tempo. O custo de aquisição de clientes é uma métrica que pode ajudá-lo a reconhecer o equilíbrio entre a aquisição do cliente e o valor da vida útil do cliente.

A aquisição de clientes é uma área onde todas as empresas podem procurar reduzir custos, mas melhorar os resultados. Ao reduzir os custos de aquisição de clientes, você pode economizar tempo e dinheiro para outros aspectos do negócio. Experimente as oito dicas sugeridas neste post e veja como elas impactam positivamente sua receita.

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando o blog e receba mais artigos como este!

A Zoho garante resultados para o seu negócio. Conheça nossas soluções!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ao enviar este formulário, você concorda com o processamento de dados pessoais de acordo com a nossa Política de privacidade.

Publicações relacionadas