A melhor experiência da vida vira produto ao alcance de muita gente

Você acredita em amor à primeira vista? E se este amor tivesse sido despertado do outro lado do mundo, na Austrália? Foi assim, como uma paixão de imediato, que Jorge Nahas, fundador e CEO da agência de brand experience O Melhor da Vida, define o início de sua história para o podcast Inspire, da Zoho do Brasil.

O fundador da agência, que propõe um jeito diferente de presentear as pessoas com experiências inspiradoras, conta que se encantou logo de cara com a ideia ao trabalhar com isso em Sydney, nos idos de 2003.

“Brasileiro é um dos povos que mais dão presente no mundo, gosta de todo mundo, é carismático. Fui ver o tamanho do mercado de presentes no Brasil, e é enorme; tem um faturamento de mais de R$ 20 bilhões”, revela Nahas.

Depois de um tour pela Europa, percebeu o potencial do negócio, que não tinha concorrentes no país. A ideia era vender pela internet pacotes de experiência – que vão de um jantar especial a um passeio de balão, uma aventura ecológica ou uma super massagem zen. Mas até o pai o chamou de louco. “As vendas online estavam começando ainda, mas foi aí que eu tive a maior confiança. O que as pessoas chamaram de loucura eu vi como uma grande oportunidade”, comenta.

Após fechar parcerias e construir uma plataforma digital, as primeiras experiências começaram a ser vendidas para empresas, aproveitando que estas representam um mercado mais “maduro” para o segmento de incentivos aos funcionários. “As empresas estavam cansadas de dar os mesmos produtos, como TVs e carros. Os RHs diziam buscar algo mais humano.”

Os quiosques em shoppings centers voltados ao público em geral vieram em seguida.

Desbravar um mercado virgem custou a ele e ao irmão-sócio um investimento inicial de quase R$ 300 mil. “Valeu a pena. Em seis meses já tivemos retorno e pudemos reinvestir”, afirma.

Com o faturamento chegando a R$ 10 milhões, a pandemia ameaçou a evolução do negócio. “Você tem de ser rápido [na tomada de decisão]. Montamos um novo catálogo de experiências e lançamos produtos novos praticamente todo mês. Já batemos várias metas”, comemora Nahas.

Segundo ele, tudo foi feito com muito empenho e paixão, o que levou a empresa a valorizar sua cultura e permitiu aos sócios muita liberdade de ação.

“Mas o que mais me alegra é ver que as empresas estão um pouco mais humanizadas, que as pessoas estão sensibilizadas e podem experimentar coisas novas que vão mudar suas vidas. Elas voltam ao trabalho e à família mais motivadas e inspiradas”, diz.

No fundo, a trajetória de Nahas de proporcionar a tanta gente as melhores experiências que a vida pode oferecer nada mais é do que a expressão daquele amor que nasceu quase 20 anos atrás, do outro lado do planeta.

 

Ouça a entrevista completa no nosso Podcast! Disponível em todas as plataformas de áudio!

 

Ouvir no Spotify

Ouvir no Deezer

Ouvir no Addict

Ouvir no Podchaser

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ao enviar este formulário, você concorda com o processamento de dados pessoais de acordo com a nossa Política de privacidade.

Publicações relacionadas